A competitividade do setor leiteiro será pauta do Simpósio do Leite em Erechim

0
2119

O Simpósio do leite de Erechim irá abordar uma série de assuntos na sua edição de 2015, que acontecerá entre os dias 23 e 24 de junho, junto ao Parque da Accie, em Erechim, norte do RS. Entre eles estará a competitividade do leite produzido no Brasil.

Quem vai abordar o tema é o presidente da Câmara Setorial do leite na Confederação Nacional do Agronegócio (CNA), Rodrigo Alvim. Ele será mediador do Fórum Nacional de Lácteos, que abre a programação do Simpósio, no dia 23.

Alvim salienta que falar de competitividade, é tocar no assunto referente a queda dos custos de produção. “Isso aliado a melhor qualidade do leite que iremos ofertar no mercado, em cuidados sanitários de nossos rebanhos, e até mesmo em cumprimento das obrigações ambientais e sociais”, destaca o palestrante.

E o leite brasileiro, em que patamar está em termos de competitividade mundial? “Temos um bom caminho para trilharmos. Necessário se faz aumentarmos a produtividade de nossos animais, de modo geral ainda tão baixa, como principal variável para adequarmos nossos custos de produção a de nossos concorrentes. Não somos formadores de preços no mercado mundial, sendo assim, como temos ainda a questão do “Câmbio” fora de nossa governança, temos que buscar formas de criar a competitividade que nos permita participar do mercado global”, aponta Rodrigo Alvim.

O palestrante aponta ainda caminhos a serem trilhados para aumentar a competitividade do leite no cenário mundial. “Como disse, temos que cumprir as exigências de qualidade definidas pela IN62/MAPA, para termos um padrão de qualidade semelhante ao de nossos concorrentes; temos que erradicar definitivamente brucelose e tuberculose de nossos planteis, para tanto necessitamos de um programa oficial que dê aos produtores condições e interesse em dele participar; temos que ter indústrias de laticínios mais proativas no que concerne a “criatividade”, “inovação”, ” eficiência “, já que a competitividade tem que ser “na cadeira de produção”; temos que ter políticas públicas que sejam voltadas ao desenvolvimento do setor, seja por intermédio de linhas de crédito, defesa comercial (controle das importações subsidiadas, com dumpping ou outras práticas desleais de comércio), políticas de estocagem, entre outras. Por fim temos que ter um programa de marketing eficiente, inteligente, para alavancarmos o consumo per capta nacional e tornarmos nossos produtos conhecidos no mercado internacional”, aponta Alvim.

Para o palestrante, um ponto importante tem sido o produtor, que na sua opinião, tem feito a parte devida a quem produz. “Melhoramos muito a qualidade de nosso leite nos últimos oito, dez anos. Melhoramos muito a genética de nossos animais. A raça Girolando, hoje é uma realidade inequívoca, inclusive fora de nossas fronteiras. Temos adotado tecnologias inovadoras como a adubação e rotação de pastagens, irrigação, desmama precoce, FIV (fertilização in vitro), plantio direto (silagem), sistema agrosilvopastoril, entre tantas outras tecnologias que talvez a pouco mais 20 anos nem se ouvia falar. Entretanto somos “fazendeiros” e assim temos sempre que estar “fazendo”, criando novas alternativas em uma busca constante pela competitividade. Se somos os maiores e mais competitivos produtores de café, suco de laranja, carnes, etanol, açúcar, produtos do complexo soja, certamente o seremos em leite e derivados, é uma questão de tempo”, completa Rodrigo Alvim.

Também estarão no Fórum o diretor administrativo da Cooperativa Santa Clara e presidente do Sindilat/RS, Alexandre Guerra e o chefe da divisão técnica do Senar/RS, João Augusto Araújo Telles.

O Simpósio do Leite
O Simpósio do leite, evento que acontecerá no dia 24 de junho, terá a presença de seis renomados palestrantes. A pauta do segundo dia de evento será aberta com o tema “estratégias de tratamento de mastite na lactação e secagem”, tendo como palestrante, Marcos da Veiga, doutor e professor.

A importância do volumoso na dieta das vacas leiteiras será tema ministrado pelo professor e doutor, João Ricardo Pereira. O doutor e professor Janio Santurio, vai abordar as micotoxinas e micotoxicoses em bovinos leiteiros.

A raça Girolando estará presente no evento e uma palestra sobre as vantagens zootécnicas e econômicas da raça será ministrada pelo presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, Jônadan Hsuan Min Ma.

O produtor Nivaldo Michetti vai mostrar as mudanças que acontecem na vida dos produtores de leite. Fechando o ciclo de palestras, o assunto será o planejamento na atividade leiteira, tema que será abordado pelo doutor e professor, Regis Ferreira.

Mais informações podem ser obtidas no site oficial, ou também pelos telefones (54) 9691-8408 e 9680-1635. O Simpósio do Leite é organizado pela Associação dos Médicos Veterinários do Alto Uruguai (Amevau).

Mostra de trabalhos científicos
A quarta Mostra de Trabalhos Científicos é uma oportunidade para pesquisadores, professores e estudantes de mostrar seus trabalhos e pesquisas na área de produção leiteira, durante o Simpósio do leite de Erechim, em 2015. O evento, que acontecerá entre os dias 23 e 24 de junho, reservará um importante espaço para a Mostra de Trabalhos Científicos. Os trabalhos e pesquisas ficarão expostos em espaço dentro do Polo de Cultura, junto ao Parque da Accie, local do evento, e serão avaliados por um júri técnico. Os melhores trabalhos serão premiados, assim como já fora nos últimos anos.

As informações sobre regulamento e inscrições, podem ser acessadas pelo site oficial do evento, www.simposiodoleite.com.br. Mais informações também podem ser consultadas pelos telefones (54) 9691-8408 e 9680-1635.

Inscrições abertas
Já estão abertas as inscrições para a 12ª edição do Simpósio do leite de Erechim, evento que acontecerá entre os dias 23 e 24 de junho deste ano, junto ao Parque da Accie. As inscrições estão abertas para os três eventos que farão parte da programação: Simpósio, 6º Fórum Nacional de Lácteos e também a 4ª Mostra de Trabalhos Científicos.

Produtores, estudantes, técnicos, professores e pesquisadores, além do público interessado em participar da programação, podem acessar o site oficial do evento, www.simposiodoleite.com.br e fazer sua inscrição.

Mais informações podem ser obtidas no site oficial, ou também pelos telefones (54) 9691-8408 e 9680-1635. O Simpósio do Leite é organizado pela Associação dos Médicos Veterinários do Alto Uruguai (Amevau).