Alerta de chuva intensa no RS é mantido para esta quarta-feira

0
486

A Defesa Civil mantém o alerta para chuva intensa nesta quarta-feira (11) no Rio Grande do Sul, baseada no aviso do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A previsão indica que existe risco de queda de galhos de árvores, alagamentos, incidência de descargas elétricas e granizo. A precipitação pode variar entre 60 e 100 milímetros de água durante o dia.

As áreas com maior possibilidade de serem atingidas são: Sudoeste, Noroeste, Nordeste e Centro. Em caso de dano, a defesa Civil pede para que a população ligue para o número 199.

Desde a madrugada de terça-feira (10), temporais com chuva intensa e fortes rajadas de vento atingiram alguns municípios. Equipes da Defesa Civil se distribuíram pelo estado para prestar atendimento em regiões mais afetadas, como Oeste e a Noroeste.

O balanço da Defesa Civil aponta que, em São Borja, na Região Oeste, cerca de 50 casas foram destelhadas, e quase 80% do município ficou sem luz por causa da queda de postes de energia elétrica. As aulas foram suspensas na cidade.

Já em Bagé, na Região da Campanha, a área rural foi a mais afetada, com a queda de postes de energia. Na Região Noroeste do estado, um vendaval atingiu o interior do município de Tuparendi. Segundo a coordenadoria regional de Defesa Civil, duas casas e parte de lavouras foram danificadas pela força do vento.

Maiores volumes de chuva registrados nesta terça-feira, segundo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) do governo federal:

São Borja: 149mm – 122% da média histórica do mês
São Luiz Gonzaga: 146mm – 95% da média do mês
Santa Rosa: 91mm – 75% da média do mês
Ijuí: 82mm – 70% da média do mês
Santo Augusto: 77mm – 61% da média do mês

Rajadas de vento, segundo o Inmet:

Bagé: 144 km/h
São Borja: 115 km/h
São Luiz Gonzaga: 82 km/h
Palmeira das Missões: 79 km/h