Alistamento militar será feito online no RS em 2017

0
380

O alistamento para o serviço militar poderá ser realizado a partir de 1º de janeiro de 2017 pela internet em todo o Rio Grande do Sul. O anúncio foi feito nesta quinta-feira pelo coronel Arthur Rigotti, chefe do escalão de pessoal da 3ª Região Militar, no auditório do Comando Militar do Sul (CMS), em Porto Alegre. Os jovens que completarão 18 anos poderão se alistar até o dia 30 de junho no site www.alistamento.eb.mil.br.

Segundo Rigotti, uma média de 90 mil jovens realizam o alistamento no Rio Grande do Sul. Deste total, 13 mil são incorporados para prestar o serviço militar obrigatório nas 99 unidades militares existentes no Estado. “Do total de incorporados, 15% em média, podem receber prorrogações anuais passando a fazer parte do efetivo profissional, até o limite previsto em lei, de oito anos”, explicou.

No Rio Grande do Sul, a 3ª Região Militar é responsável pelo processo de alistamento militar. O coronel informou que a ideia com o alistamento online é evitar os deslocamentos até as juntas de serviço militar do Rio Grande do Sul. “Queremos com a medida evitar que os jovens percorram longas distâncias para se alistar e tenham e muitas vezes que enfrentar filas imensas”, ressaltou.

No alistamento militar online, o jovem terá colocar informações como o CPF (obrigatório) e um dos seguintes documentos: certidões de nascimento ou casamento ou ainda a carteira de identidade. Conforme Rigotti, mesmo com o serviço pela internet, os candidatos que quiserem poderão se alistar nas 233 juntas militares do Estado. Nestes locais, haverá um computador onde o jovem poderá realizar o processo de alistamento pela internet.

Caso não possua CPF, o jovem deverá fazer a inscrição no cadastro de contribuintes na Receita Federal ou realizar o alistamento presencial na Junta de Serviço Militar mais próxima da sua casa. O candidato deverá ter um número de telefone celular e um e-mail particular para o envio de mensagens sobre o local e data do exame de seleção, da entrega de documentos e do aviso de agendamento de datas.

Segundo o Ministério da Defesa, cerca de 2 milhões de jovens se alistam todos os anos no Brasil, sendo que 600 mil participam da seleção geral e 200 mil são incorporados às Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica).