Anvisa suspende dez lotes de remédio para hipertensão

0
118

O medicamento Captopril 25mg, do laboratório Lafepe, teve dez lotes suspenso pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta segunda-feira (3). O órgão identificou problemas no controle de qualidade dos produtos.

O teste de estabilidade, que avalia a qualidade do medicamento pronto, mostrou que a quantidade de princípio ativo dissulfeto de captopril nos comprimidos estava diferente do padrão. A substância é responsável por dar a identidade do medicamento e faz agir no corpo do paciente.

Está proibido o comércio, distribuição e uso do medicamente. Portanto, os pacientes que estejam utilizando algum dos lotes suspensos devem fazer a troca do medicamento.

“Esta é uma medida preventiva para garantir que as pessoas não tenham problemas em seus tratamentos, utilizando um produto que gera menos efeito”, informa a nota da Anvisa.

A Agência orienta os pacientes a entrarem em contato com a Lafepe para realizar a troca do medicamento ou consultar diretamente seu médico.

Os lotes suspensos são: 15081401 (validade: agosto/2017), 15081402 (validade: agosto/2017), 15081403 (validade: agosto/2017), 15090230 (validade: setembro/2017), 15090231 (validade: setembro/2017), 15090232 (validade: setembro/2017), 15121446 (validade: dezembro/2017), 16030251 (validade: março/2018), 16030254(validade: março/2018) e 16030255(validade: março/2018).

Os outros lotes do produto produzido pelo Lafepe continuam liberados. A reportagem tentou falar com a empresa nos contatos disponíveis no site, mas ninguém atendeu as ligações.