Apicultor registra perdas em Três Arroios

0
1513

O produtor Afonso Goetter perdeu 33 das 57 colmeias de sua propriedade, localizada na linha Santa Cruz, no município de Três Arroios. O apicultor Gilmar Keller, genro de Goetter e responsável pelo apiário, contabiliza um prejuízo direto de R$ 6.600,00. Se levado em consideração as perdas de produção relativas às próximas safras, este valor poderá ser até três vezes maiores.

“Meu sonho era ter 100 colmeias, mas está difícil de alcançar este número”, lamenta Keller. A suspeita, em função dos sintomas apresentados, segundo ele, é que as abelhas tenham se intoxicado com algum tipo de agrotóxico. Ele estima que a mortandade possa ser ainda maior do que a constatada no apiário, por conta da possível perda dos enxames que vivem no ambiente e não são manejados, como os que estão alojados em pedras, tocos, casas ou mesmo em colmeias rústicas dos arredores da propriedade.

De acordo com a Emater/RS-Ascar, na região do Alto Uruguai o número de colmeias e de apicultores é cada vez menor, devido aos problemas que afetam a criação. O principal deles é o uso indiscriminado de agrotóxicos nas lavouras próximas aos apiários. “Poucos são os jovens que se interessam pela atividade e aqueles que gostam da prática se desestimulam pela ocorrência de problemas assim. A diminuição no número de colmeias faz com que o mel seja um produto menos ofertado, podendo se tornar raro em um futuro próximo”, comenta o assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar, Carlos Angonese.