BR 153 é liberada temporariamente para caminhões

0
679

O Departamento Nacional de Infraestrutura (DNIT) trabalha em três frentes para restabelecer a normalidade no trânsito no KM 02 da BR 153. O trecho localizado nas proximidades da divisa entre os estados do RS e SC foi bloqueado parcialmente ainda na quarta-feira (31) em virtude de rachaduras localizadas em uma das pistas de rolamento. O supervisor regional do órgão federal, Adalberto Jurach, esteve no local na tarde desta quinta-feira (1) e comandou a vistoria no ponto onde ocorreu deslizamento de terra na base do asfalto. O problema já ocorrido em 2014 voltou a se repetir em função das chuvas registradas no mês de maio, sendo que naquela região a precipitação foi de 487 milímetros nos últimos 30 dias. O volume excessivo de chuva provocou a infiltração de água do solo e a movimentação da terra que fica sobre a base de rocha. Uma nova pista será construída em um trecho aproximado de um quilômetro.

Adalberto Jurach explicou no início da noite desta quinta-feira (1) que o DNIT já está executando obras para construção de uma nova pista no lado direito para quem trafega no sentido Erechim – Concórdia. A primeira frente de trabalho se concentra na preparação do terreno para posterior compactação e asfaltamento. Outra equipe estuda o projeto técnico, enquanto o setor administrativo articula o processo para dispensa de licitação para a obra emergencial.

Nesta quinta-feira (1) à noite, a Polícia Rodoviária Federal liberou o trânsito de caminhões até às 6h da manhã desta sexta-feira (2). Pela manhã, o bloqueio deverá ser retomado e, ao longo do dia, será permitida apenas a passagem de veículos de passeio, utilitários de pequeno porte e ônibus.

RSC 480
Durante a manhã, funcionários do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) realizaram uma avaliação no KM 05 da RSC 480, em Goio-En, interior de Erval Grande. No local, a equipe está monitorando a situação do trecho que apresenta queda de barreira. A orientação é de que os usuários da rodovia trafeguem com cautela e observem a sinalização existente no local. A travessia sobre a ponte do Rio Passo Fundo permaneceu normal nos últimos dias.