Campeão, Novo Hamburgo domina seleção do Gauchão

0
274

Passada a euforia da festa anilada, a noite desta segunda-feira (8) foi de comemorações individuais. Na Associação Leopoldina Juvenil, em Porto Alegre, foram eleitos os melhores jogadores do Gauchão 2017. E, como ocorreu durante toda a competição, o predomínio continuou sendo do Novo Hamburgo.

Com quatro representantes, o time de Beto Campos só não emplacou jogador no setor de ataque. No entanto, o goleiro Matheus, o zagueiro Júlio Santos e os meio-campistas Jardel e Preto foram lembrados. O camisa 1 anilado, que defendeu o pênalti cobrado por Nico López na decisão, ainda foi premiado como o craque do Gauchão.

– Fico feliz por dar minha parcela de colaboração. Mas não é só o Matheus, todo grupo deu uma parcela muito grande de contribuição, o mérito é de todos nós – disse o goleiro, ainda antes de conhecer o resultado final da eleição.

Eliminado pelo Inter nas quartas de final, o Cruzeiro-RS teve os dois laterais eleitos para a seleção do campeonato: John Lennon, que foi contratado pelo Cruzeiro para disputar a Série A do Brasileirão, e Sander, que também foi eleito a revelação do estadual. O segundo vem sendo sondado por clubes das séries A e B, como Ponte Preta e Criciúma.

Junta, a dupla Gre-Nal teve cinco representantes. Vice-campeão, o Inter emplacou Rodrigo Dourado, D’Alessandro e Nico López. O Grêmio, Geromel e Bolaños.

Seleção do campeonato: Matheus (Novo Hamburgo); John Lennon (Cruzeiro), Júlio Santos (Novo Hamburgo), Geromel (Grêmio) e Sander (Cruzeiro); Dourado (Inter), Jardel (Novo Hamburgo), Preto (Novo Hamburgo) e D’Alessandro (Inter); Bolaños (Grêmio) e Nico López (Inter)

Revelação: Sander
Craque do Gauchão: Matheus
Árbitro principal: Leandro Vuaden