Confira a programação da 65ª Romaria de Fátima

0
512

Neste sábado (08), 09h, romaria da criança. Às 14h, terço e missa no Santuário, com Pe. Dirceu Balestrin, vigário geral da Diocese, acompanhado de Dom Girônimo Zanandréa, bispo emérito. Às 18h, terço no monumento. Às 20h, procissão da  Catedral ao Santuário e missa campal, presidida pelo Bispo diocesano.

Domingo (09): 05h30, 06h, 07h, 08h, 12h30 e 16h, missas no Santuário; 09h, procissão da Catedral ao Santuário, com missa na esplanada; 14h00, terço meditado; 14h30, bênção da saúde com o Santíssimo Sacramento e bênção de objetos religiosos. Na Catedral, missa às 08h e às 18h. Para eventuais problemas de saúde, há profissionais do Hospital de Caridade acompanhando a procissão e atendendo em posto em frente ao Seminário. Na tenda de objetos religiosos, muitas lembranças. Na parte social, alimentos diversos e ficha de churrasco à disposição. Alerta-se aos romeiros para o cuidado com batedores de bolsas e carteiras, bem como em relação ao comércio de ambulantes, que não é em benefício do Seminário. Lembra-se que a Romaria está sendo sem álcool e sem jogos.

Abertura do ano do centenário das aparições de Fátima
Na missa campal da romaria de Fátima, neste domingo, o Bispo diocesano fará a abertura solene do ano do centenário das aparições a ser celebrado até a romaria do próximo ano, dia 08 de outubro. Ele será uma celebração especial de nível diocesano, dentro do Ano Mariano Nacional, a iniciar nesta quarta-feira dia 12 estendendo-se até o dia 11 de outubro de 2017, comemorativo aos 300 anos do encontro da imagem de N. Sra. da Conceição Aparecida, padroeira do Brasil. Para a conclusão do ano do centenário, a Diocese está desenvolvendo o projeto de revitalização do Santuário e declará-lo oficialmente Santuário diocesano, ficando aberto diariamente e tendo atendimento pastoral próprio.

Fátima, mensagem de misericórdia de Nossa Senhora
A última Romaria diocesana antes do centenário das aparições de Nossa Senhora em Fátima, Portugal, e do tricentenário do encontro da imagem de Aparecida, em nosso País, em 2017, tem como tema: Maria, Mãe da Misericórdia e como lema, “Sede misericordiosos como vosso Pai”. O enfoque da misericórdia se deve ao Jubileu Extraordinário da Misericórdia, a ser encerrado na festa de Cristo Rei, em 20 de novembro próximo. Em 1917, além do drama da guerra, havia o ambiente moral, social, religioso bastante degradado. Alastrava-se o ateísmo, negando espaço para Deus na vida social. Regimes totalitaristas lançavam suas raízes em diversos países. Como mãe solícita e sempre presente, a Virgem Maria veio amparar a humanidade, servindo-se de três crianças, de Fátima, Portugal. Por elas, dirigiu a todos uma mensagem de misericórdia, de confiança em Deus, pedindo a conversão, a oração diária do terço para se alcançar a paz no mundo e o fim da guerra.

A prática da misericórdia nas intenções e novena da Romaria de Fátima
O enfoque anual da Romaria de Fátima é desdobrado ao longo da novena e em suas intenções. O deste ano, a misericórdia, terá os seguintes aspectos: o nome de Deus é misericórdia, Cristo, o rosto da misericórdia do Pai, a misericórdia no processo da educação, a misericórdia no cuidado com a casa comum, as obras de misericórdia espirituais e corporais, o sacramento da misericórdia, relações misericordiosas a partir da família. O tema aparece também nas intenções, que sugerem pedir a Deus para todos sermos sinal forte e eficaz de sua misericórdia, praticarmos as obras de misericórdia e sermos sinal da misericórdia de Cristo para os doentes e idosos.

65-romaria-fatima-cartaz