Conheça fatos sobre a salsicha que você come – e que você precisa saber!

0
520

O fato provavelmente já aconteceu com você: prestes a dar uma mordida em um saboroso e recheado cachorro quente, alguém questiona se você tem ideia de como são feitas as salsichas. A partir daí, vários mitos já se espalharam sobre os “mistérios” da composição do embutido. Quer saber a verdade? Conheça fatos sobre a salsicha que você come – e que você precisa saber:

Sobras variadas de carnes, miúdos, tendões, pele, gordura são as bases da produção da salsicha. Nesta primeira etapa, os “restos” são congelados e cortados por máquinas em pedaços bem pequenos. Em seguida, as carnes passam por um aparelho que transforma a mistura em farelo e nela são adicionados sal, amido de milho, temperos e conservantes. Ou seja, a salsicha é composta por cerca de 55% de carne e 45% de outros ingredientes.

Depois de formada uma pasta, a salsicha passa pelo processo de embutimento, quando a mistura é usada para encher as tripas, naturais ou artificiais. Amarradas, as salsichas ficam cozinhando em uma estufa e resfriadas com uma ducha de água gelada para matar microorganismos que sobreviveram ao calor.

Em seguida, o embutido passa pelo processo de tingimento, mergulhado em uma espécie de tanque com um corante natural e tem a cor vermelha fixada com um banho de ácido fosfórico. O processo é finalizado quando a salsicha é embalada a vácuo, para garantir a conservação por um período maior.