Cuidados básicos contribuem para enfrentar a época mais fria do ano

0
319

Com a chegada do inverno e das temperaturas mais frias, fica difícil resistir à preguiça, sempre acompanhada de atividades mais caseiras e alimentos mais gordurosos e quentes. Criador do programa de treinamento homefitness Queima de 48 Horas, Vinícius Possebon conta que, apesar de as pessoas engordarem no inverno, ele é na verdade, o período do ano mais propício para emagrecer. “O frio aumenta o apetite, mas também faz o corpo aumentar em até 30% a queima de calorias, de acordo com pesquisas da área”, destaca. “O segredo é não parar de fazer atividades físicas”, incentiva o especialista.

Segundo Possebon, existem alguns cuidados essenciais que devem ser tomados durante o inverno. “Como o corpo fica mais tempo parado no frio, ele pode ficar mais propenso a lesões e cãibras, mas é fácil evitar isso”. O especialista indica três ações importantes.

1 – Aqueça o corpo
Possebon destaca que é importante não começar a fazer atividades físicas com o corpo frio de quem permaneceu muito tempo parado. “No inverno, alongar e aquecer o corpo é ainda mais importante, por isso não se pode começar um treino sem alguns minutos de aquecimento”, alerta o preparador físico, que valoriza também os agasalhos para deixar o corpo quente. “Com o vento frio, é importante não usar as mesmas roupas do verão, por isso é preciso vestir um casaco, calça, ou qualquer roupa que impeça o corpo de esfriar”, ensina.

2 – Hidrate-se
O preparador físico lembra que as pessoas acabam bebendo menos água no frio, e por isso a falta de hidratação pode ser um problema. “Quando o corpo não está muito hidratado, ele tende a sofrer mais com as atividades físicas. A água e outras bebidas, como sucos, vão acrescentar minerais como sódio, magnésio, potássio e cálcio, que são importantes para que a atividade física não cause dores”, resume o especialista. “Mesmo no inverno, é preciso manter o consumo de líquido de no mínimo X litros de água por dia”.

3 – Fuja da preguiça
A terceira dica, finalmente, é tomar conta da mente para evitar a preguiça. “O segredo é sempre se lembrar de como vamos querer o corpo quando chegar o verão”, provoca. Possebon destaca que muitas pessoas têm dificuldade de sair de casa e ir para a academia, e este é um dos motivos para praticarem o Q48. “Como o programa é baseado nos treinos HIIT, ou seja, Treinamento Intervalado de Alta Intensidade, ele provoca uma grande perda de gordura mesmo com treinos de 4 a 10 minutos de duração, já que aciona mecanismos naturais que fazem com que o organismo utilize a gordura acumulada como fonte de energia por até 48 horas depois do treino”, explica o especialista. Com exercícios que não exigem o uso de equipamentos, o programa também pode ser feito em espaços pequenos dentro de casa. Como ele pode ser feito em pouco tempo e no conforto do lar, é possível vencer com mais facilidade os obstáculos da época mais fria do ano. “Assim sobra mais tempo para ver um bom filme debaixo das cobertas, e ainda dá para tomar chocolate quente sem culpa”, conclui Possebon.

Treino especial para aquecer no inverno
Para aquecer durante o inverno, o especialista ensina um treino básico de 4 minutos que qualquer um pode fazer.

O treino traz quatro diferentes movimentos: Burpee adaptado – que consiste em um salto seguido da colocação das mãos no chão e as pernas colocadas para trás; Corrida parado; Montanha Alpinista – que consiste em colocar as mãos no chão e movimentar as pernas flexionando os joelhos como se fosse uma corrida; e Agachamento – no qual deve-se flexionar as pernas levemente afastadas.

Burpee adaptado: 30 segundos

Corrida parado: 10 segundos

Montanha Alpinista: 30 segundos

Corrida parado: 10 segundos

Agachamento: 30 segundos

Corrida parado: 10 segundos