Defrec realiza maior apreensão de crack da história de Erechim

0
1087

A Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) de Erechim vem se destacando pelo combate ao tráfico de drogas na região do Alto Uruguai. Além de efetuar a prisão de dezenas de traficantes desde o início do ano, ela vem atuando também a apreensão de drogas. Na madrugada dessa quinta-feira (12), foi deflagrada a Operação Barão da Pedra, com intuito de prender, segundo a Polícia Civil, um dos distribuidores de crack em Erechim. Por volta das 2h da madrugada, foi preso em flagrante por tráfico de drogas Cladecir José Bernardi, de 49 anos, conhecido também como “Cotegipe” e “Crespo”.

O delegado titular da Defrec, Gustavo Ceccon, contou que a prisão foi realizada próximo a rodoviária, quando Bernardi chegava de ônibus da cidade de Porto Alegre. Ele carregava uma sacola de viagem onde continha mais de sete quilos de crack, além de mais de R$ 2 mil em dinheiro. “Essa foi a maior a apreensão de crack aqui em Erechim e uma das maiores do Estado, prendemos também um dos principais fornecedores da droga aqui no município”, afirmou.

Bernardi já foi preso duas vezes por tráfico de drogas no Rio Grande do Sul e no Paraná e nos anos em que cumpriu pena ele teria tido contato com indivíduos de outros estados o que facilitaria seu negócio.

Conforme Ceccon, com o crack apreendido ele poderia render entre 50 a 80 mil doses da droga, o que financeiramente poderia dar retorno de R$ 200 mil a R$ 300 mil.

O nome da operação foi dado em decorrência de Bernardi residir no interior do município de Barão de Cotegipe, onde ele atuava usando a fachada de agricultor. Conforme o delegado, Bernardi atuava no atacado, ou seja, vendendo droga para outros traficantes.

Após a prisão, Cladecir foi encaminhado para o Presídio Estadual de Erechim, ficando a disposição da Justiça.