Devotos de Maria enfrentam chuva na sexta noite da novena de Fátima

0
219

Não foram poucos os fiéis que participaram da procissão e da missa da noite do sexto dia da novena de Fátima, nesta quarta-feira, debaixo de momentos de chuva torrencial. Os atos religiosos foram presididos pelo pároco da Paróquia São João Batista, de Marcelino Ramos, Pe. Nelci Miranda, missionário saletino, com a participação do bispo emérito, Dom Girônimo Zanandréa. Dentro do enfoque do dia, as obras de misericórdia espirituais, Pe. Nelci deu destaque à correção fraterna. Ressaltou que pais e educadores corrigem porque amam. Todos necessitam de correção, porque todos erram. Todos têm também a missão de ajudar-se mutuamente na superação do erro. Para corrigir, conforme Cristo fez e ensinou, a pessoa precisa estar imbuída de caridade, de sabedoria e de misericórdia. Além de corrigir os que erram, são obras de misericórdia espirituais: ensinar os que não sabem, dar bom conselho, perdoar as ofensas, consolar os tristes, acolher com paciência as fraquezas dos outros, rezar a Deus pelos vivos e defuntos. Recentemente, o Papa Francisco incluiu mais uma tanto no conjunto das obras de misericórdia espirituais quanto corporais, o cuidado da casa comum. Segundo o Papa, como obra de misericórdia espiritual, o cuidado da casa comum requer “a grata contemplação do mundo”, que “nos permite descobrir qualquer ensinamento que Deus nos quer transmitir através de cada coisa”.