Em busca de modelos alternativos para a economia regional

0
362

A busca por novos conhecimentos e experiências, é um dos principais objetivos da viagem de um grupo de prefeitos representantes de entidades do Alto Uruguai, com pensamentos no futuro da economia regional.

Na oportunidade estão visitando regiões, da Argentina e Chile, que possuem um trabalho forte e de qualidade na fruticultura. Mesmo com um período de crise, se busca alternativas que serão repassadas aos agricultores dos municípios para aumentar a produção.

comitiva chile 1

Para o Gerente Regional da Emater, Gilberto Tonello, essa integração, primeiramente entre prefeituras e Emater é de fundamental importância para que busquemos estreitar ainda mais a parceria existente na busca de novas alternativas produtivas para nossos pequenos produtores, que alinhavados com a nossa pesquisa, instituições educativas, entidades afins, temos longos caminhos pela frente na qualificação dos produtores e suas produções.

O presidente do Credenor e Diretor Geral da Uri Erechim, Professor Ms. Paulo José Sponchiado destaca que “as viagens de estudo sempre são importantes para que possamos agregar novos conhecimentos, abrir nossos horizontes e desta forma, vivenciar novas realidades. Existe uma diferença enorme entre ouvi dizer e fiz estudos bibliográficos sobre temas regionais de desenvolvimento com a possibilidade concreta de vivenciar estes ambientes referências, podendo olhar, ouvir e sentir, através de nossos sentidos e não por meio de terceiros. Através destas vivências podemos formar opiniões concretas sobre estas observações. Quando se desfruta desta possibilidade de vivenciar, estas experiências nos subsidiam decisões futuras com maior propriedade. Esta viagem de estudos para Mendoza, Argentina e Santiago, Chile na qual estamos participando vem de encontro ao que estamos construindo no Corede Norte, qual é a revisão de seu Plano Estratégico Regional e todos os integrantes desta viagem são partícipes nesta construção. Para tanto poderão e deverão contribuir muito com suas experiências e olhares para a atualização do Plano de Desenvolvimento Regional. Esta viagem técnica está sendo muito profícua em novos conhecimentos”.

Segundo o prefeito de Três Arroios, Lírio Zarichta, “podemos observar a tecnologia utilizada desde o processo de produção que prima pela qualidade e transformação da matéria prima em produto final focado para os mercados mundiais. Na realidade as dificuldades enfrentadas por nossos agricultores não são diferentes das dos Chilenos e Argentinos, porém, em cada realidade atualmente exige-se tecnologia, conhecimento e dedicação. Nossa viagem permite tirar importantes exemplos nas questões de mercado, tecnologia e o mais importante é a venda do produto final, divulgado no próprio estabelecimento através da degustação do produto”, finalizou.