Erechim sedia 1º Seminário de Uso, Manejo e Conservação do Solo e Água

0
463

A preocupação com a erosão do solo na região do Alto Uruguai e no Estado vem unindo entidades para debater e buscar soluções para o manejo e conservação do solo, bem como debater propostas para o Programa de ATER em Uso, Manejo e Conservação do Solo e Água, que deve ser executado nas 12 regiões do Estado, como proposta de programa com fortes ações voltadas para recuperação do solo e que deverá se tornar Politica Pública de Estado. Com este propósito, técnicos da Emater/RS-Ascar, lideranças de entidades da região do Alto Uruguai, representantes de cooperativas e acadêmicos do curso de Agronomia da URI, estiveram reunidos em Erechim, na terça-feira (27/10), para o Seminário de Conservação dos Solos.

O evento foi conduzido pelo assistente técnico estadual da Emater/RS-Ascar, na área de Manejo de Recursos Naturais, agrônomo Edemar Streck, que observou que o Programa Estadual de Conservação dos Solos está sendo construído em parceria entre Emater/RS-Ascar, Embrapa, Secretarias de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo e da Agricultura e Pecuária e Fepagro, com várias propostas. Streck manifestou preocupação com a inobservância em relação à aptidão agrícola dos solos e práticas conservacionistas adotadas. “Vivemos um momento que temos de readequar o sistema. Reduzimos a erosão, mas estamos perdendo muita água e fertilizantes, enfim, produção e renda”, enfatizou o agrônomo. Ele também destacou a importância do momento para reflexão sobre o uso e as formas de manejo, fundamentais para garantir a produção de alimentos, já que 2015 foi instituído como o Ano Internacional de Conservação do Solo pela ONU.

No Seminário foi lembrado que o plantio direto, técnica bastante usada pelos agricultores, não é suficiente para minimizar os efeitos das chuvas, pois há grandes perdas de solo, principalmente de água. Mesmo em áreas de plantio direto, quando mal manejadas, o solo fica compactado, o que impede a penetração das raízes e a infiltração da água no solo, analisou o assistente técnico regional de Recursos Naturais, Cezar da Rosa.

O prefeito de Santo Cristo, José Luiz Seger, detalhou como a campanha pela conservação do solo, nos 20 municípios de abrangência da Associação dos Municípios da Grande Santa Rosa (AMGSR), foi conduzida nos diferentes processos até culminar no evento regional e na assinatura do termo de cooperação. “É preciso o envolvimento dos municípios e das instituições”, ressaltou.

Abertura – O evento foi aberto pelo gerente regional da Emater/RS-Ascar de Erechim, Gilberto Tonello, pelo prefeito de Três Arroios, Lirio Zarichta, representando a Associação de Municípios do Alto Uruguai (Amau), pelo secretário municipal da Agricultura de Erechim, Luiz Carlos Parise, representando os secretários da Agricultura da região, coordenador do curso de Agronomia da URI, Antonio Sergio do Amaral, do assistente técnico regional, Cezar da Rosa e do assistente técnico estadual, Edemar Streck.

O gerente regional destacou a importância da reflexão, da organização e das parcerias para conscientizar estudantes, produtores e o público para evitar a erosão do solo. “A Amau é parceira destra atividade. Juntos podemos dar os encaminhamentos a este importante tema”, disse o representante da entidade Lírio Zarichta. O coordenador do curso de Agronomia também ressaltou a importância do conhecimento e da informação na conscientização e das ações para evitar os problemas de degradação do solo.