RGE promove palestras sobre mudança no padrão de entrada de energia elétrica

0
2663

A Rio Grande Energia (RGE), distribuidora do Grupo CPFL Energia, promove, hoje (3), dois encontros com eletricistas, comerciantes de material elétrico e de construção, fabricantes de postes e de caixas de medição em Erechim para explicar as mudanças nas normas do padrão de entrada.

As duas palestras acontecem no Auditório do Instituto Técnico Federal de Erechim, localizado na Avenida José Oscar Salazar, número 879, no bairro Três Vendas. Pela manhã, o encontro será realizado entre as 9h e 12h e, à tarde, entre as 13h30min e 16h30min. A entrada é franca.

A RGE ampliou o prazo de transição da unificação das normas para o padrão de entrada de energia elétrica para novas instalações residenciais, comerciais e industriais para 31 de março de 2016. A mudança no padrão foi adotada pela companhia para dar mais segurança aos clientes e também seguir o modelo adotado por todas distribuidoras do Grupo CPFL no Brasil.

Durante o período de transição, os dois padrões de entrada serão aceitos. Após 31 de março, a RGE só fará novas ligações em unidades consumidoras que seguirem as determinações da nova norma. Quem tem a ligação antiga não sofre qualquer consequência e terá o fornecimento de energia mantido regularmente.

A mudança acompanha a evolução tecnológica dos dispositivos disponíveis no mercado e traz mais segurança. A nova norma indica os materiais que devem ser utilizados, como disjuntores, caixas, quadros elétricos e postes. O regramento adotado pela CPFL também determina como esses materiais devem ser empregados, garantindo maior segurança para quem instala e utiliza.

A mudança vem sendo preparada há mais de um ano pela RGE. Neste período, a área técnica da distribuidora fez visitas e palestras em entidades e sindicatos na região de concessão e manteve contato com fornecedores para detalhar as mudanças no padrão de entrada, especialmente para o setor elétrico e da construção civil, que terão uma participação mais relevante na utilização da nova regra.

A RGE disponibilizou um guia com as principais alterações que podem ser consultados no endereço www.rge¬rs.com.br