Fazenda Nacional aceita proposta da Aurora pelos frigoríficos da Cotrel

Fazenda Nacional aceita proposta da Aurora pelos frigoríficos da Cotrel

228

Nesta segunda-feira, 6, a Fazenda Nacional aceitou a proposta que a Aurora fez para a Justiça Federal na quarta-feira passada, 1º de março pelos dois frigoríficos da Cotrel –aves e suínos – no valor deR$ 108 milhões.

Nas duas primeiras propostas a Fazenda Nacional não aceitou por considerar um preço vil. Foi quando a direção da cooperativa resolveu aumentar a proposta em R$ 10 milhões, passando de R$ 98 milhões para R$ 108 milhões.

Desta vez a decisão foi rápida, cinco dias após a Justiça Federal dar vistas do processo para a Fazenda Nacional.

O impasse da venda dos frigoríficos estava deixando os prefeitos da região aterrorizados, pelo impacto que causaria na economia, tanto é que em reunião recente da AMAU (Associação dos Municipios do Alto Uruguai) os prefeitos mostraram grande preocupacao, pelos empregos e principalmente pelos agregados que criam frangos e suínos em suas cidades e isso baixaria ainda mais a receita dos municípios podendo transformar o meio rural em um caos. Agora é hora do alivio, faltando detalhes para homologação da Justiça Federal, que deve sair amanhã ou nos próximos dias.

Esses valores irão para quitar débitos em impostos federais (descontados valores dos leiloeiros) da Cotrel que vem se arrastando há mais de uma década e praticamente sepulta uma cooperativa que já foi modelo para o Brasil.

O importante é que os empregos estão mantidos (mais de dois mil diretos) gerando emprego e renda numa cidade – Erechim – onde o fantasma do desemprego insiste em perdurar, apesar de leve melhora no primeiro mês deste ano. E ainda para se comemorar a possibilidade de expansão da Aurora em Erechim e modernização dos frigoríficos.