Fifa inclui Neymar, Marcelo e Tite nas listas de indicados a melhores do mundo

0
40

Os brasileiros Neymar, atacante do Paris Saint Germain, e Marcelo, lateral-esquerdo do Real Madrid, ambos titulares da seleção brasileira, além do treinador Tite, estão entre os 24 jogadores e 12 técnicos indicados pela Fifa para concorrer ao prêmio de Melhor do Mundo, que será anunciado no final do ano.

A lista é elaborada por indicação de 11 personalidades do futebol mundial, entre as quais o brasileiro Cafu, o argentino Diego Maradona e o colombiano Carlos Valderrama, todos ex-jogadores das seleções de seus países.

Tite venceu os nove primeiros jogos que disputou à frente da seleção brasileira. Integram também a lista de técnicos indicados: os italianos Antonio Conte, Massimiliano Allegri e Carlo Ancelotti; os argentinos Diego Simeone e Mauricio Pochettino; o alemão Joachim Loew; os portugueses Jose Mourinho e Leonardo Jardim; os espanhóis Luis Enrique e Pep Guardiola; e o francês Zinedine Zidane.

Da lista de 24 jogadores, vão sair os três finalistas da premiação promovida pela entidade máxima do futebol mundial. Eles serão escolhidos pelos técnicos e capitães de seleções, jornalistas e torcedores, em votação que irá até 7 de setembro. A premiação será no dia 23 de outubro, em Londres.

No futebol feminino, nenhuma brasileira foi indicada para concorrer a melhor do mundo, pela primeira vez desde 2015. O Brasil já ganhou cinco prêmios com a atacante Marta, que atualmente joga nos Estados Unidos.

O atacante português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, venceu no ano passado a indicação de melhor jogador e concorre novamente este ano. A lista de 24 nomes de jogadores em atuação no futebol mundial foi elaborada por uma comissão designada pela Fifa. São eles: Pierre-Emerick Aubameyang (Gabão/Borussia Dortmund), Leonardo Bonucci (Itália/Juventus e Milan), Gianluigi Buffon (Itália/Juventus), Dani Carvajal (Espanha/Real Madrid), Cristiano Ronaldo (Portugal/Real Madrid), Paulo Dybala (Argentina/Juventus), Antoine Griezmann (França/Atlético Madrid), Eden Hazard (Bélgica/Chelsea), Zlatan Ibrahimovic (Suécia/Manchester United), Andres Iniesta (Espanha/Barcelona), Harry Kane (Inglaterra/Tottenham), Ngolo Kante (França/Chelsea), Toni Kroos (Alemanha/Real Madrid), Robert Lewandowski (Polônia/Bayern de Munique), Marcelo (Brasil/Real Madrid), Lionel Messi (Argentina/Barcelona), Luka Modric (Croácia/Real Madrid), Keylor Navas (Costa Rica/Real Madrid), Manuel Neuer (Alemanha/Bayern de Munique), Neymar (Brasil/ Barcelona/Paris Saint-Germain), Sergio Ramos (Espanha/Real Madrid), Alexis Sanchez (Chile/Arsenal), Luis Suárez (Uruguai/Barcelona) e Arturo Vidal (Chile/Bayern de Munique).