Governo atrasa pagamento de férias de servidores estaduais do RS

0
1488

O governo do Rio Grande do Sul decidiu atrasar o pagamento das férias para servidores públicos estaduais. De acordo com a Secretaria da Fazenda, a remuneração prevista para esta quarta-feira (15) será feita de forma integral no dia 31, junto com o salário.

O motivo do atraso é a necessidade do cumprimento da liminar que determina os repasses para a área da saúde. Além disso, com o aumento do número de servidores em férias em julho, o valor total do pagamento de férias, que geralmente fica em torno de R$ 5 milhões, subiu para R$ 9 milhões.

Apesar de garantir o pagamento integral do valor referente às férias, o governo não dá como certa a remuneração do funcionalismo ao final de julho de forma integral. As medidas em relação ao salário deverão ser anunciadas na última semana do mês.

Nesta terça (14), o governo havia anunciado que serão repassados até o final de semana R$ 174 milhões para a área da saúde, valor referente ao mês de junho. A confirmação foi feita em Brasília, onde o governador e o secretário da Saúde, João Gabbardo dos Reis, se reuniram com representantes do governo federal.

Dos recursos que irão para hospitais, santas casas e prefeituras, R$ 76 milhões são do governo federal e R$ 98 milhões, do estado. Segundo Gabbardo, o que mudou foi a prioridade, que até então era pagar os funcionários públicos.

Desde o início do ano, o governo tem tomado medidas de austeridade para conter a crise nas finanças, como o atraso nos pagamentos de parcelas da dívida com a União. Também nesta terça, foi aprovada na Assembleia Legislativa a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2016. O texto prevê que as despesas do estado não podem crescer mais de 3% em relação ao previsto para o ano.