Governo do RS anuncia fechamento de turmas e fim de turnos em escolas

0
295

O governo do Rio Grande do Sul anunciou nesta quinta-feira (10) o fechamento de turmas e o fim das aulas em alguns turnos da rede estadual de ensino, devido à queda no número de alunos matriculados. Pais de alunos de escolas públicas precisam ficar atentos.

Com a mudança, uma escola que tem uma turma no turno da manhã com 13 alunos e outra à tarde com 16 juntaria os dois grupos. O governo, no entanto, garante que não haverá superlotação, porque a mudança respeita as regras do Conselho Estadual da Educação. No primeiro ano do Ensino Fundamental, o número máximo de alunos por turma é 25 estudantes. Do segundo ao quarto ano, 30, e do quinto ao nono, até 35. No Ensino Médio, a lotação máxima por sala é de 50 estudantes.

A Secretaria da Educação atribui as medidas à queda de alunos – o número de matrículas caiu de 1,4 milhão, em 2004, para 973 mil – e à falta de professores – nos últimos dois anos, 11 mil se aposentaram ou deixaram de trabalhar.

O secretário da Educação, Luís Antônio Alcoba de Freitas, garante que todos os estudantes têm garantia de matrícula onde já estudam. “Está assegurada a matrícula no seu estabelecimento de ensino. Não vai haver fechamento de nenhuma escola. O que estamos fazendo é a racionalização do aproveitamento dos recursos humanos”, afirmou.

No entanto, alguns estudantes poderão ter de trocar de instituição. “As turmas serão remanejadas para o turno da manhã. Aqueles alunos que as famílias não quiserem trocar o turno terão de ser manejados para outras escolas”, disse Natália Silva, diretora de uma escola pública.

Alguns pais receberam a noticia com indignação. “Falta de consideração com os pais. Deveriam no mínimo consultarem os pais a respeito dessa decisão”, reclama Jussara Soares, mãe de um aluno.