Justiça concede Recuperação Judicial para Comil Ônibus S/A

0
277

A Justiça de Erechim concedeu a Recuperação Judicial para a Comil Ônibus S/A, montadora de ônibus que enfrenta grave crise econômica e demitiu cerca de 900 funcionários no início deste mês. A empresa apresentou para a Justiça, entre outros, comprovante de passivo com bancos, fornecedores e trabalhista que chega a casa dos R$ 430 milhões. O processo foi montado por um escritório de advocacia de Passo Fundo, especializado na área.

O pedido de recuperação teria sido apresentado no início desta semana e deferido foi concedido pelo juiz da 2ª Vara Cível de Erechim e publicado nesta quarta-feira (14). Agora, a empresa tem prazo de 60 dias para apresentar o plano de recuperação. O passivo trabalhista tem a preferência de quitação em primeiro lugar, de acordo com a legislação. Com o benefício da Recuperação Judicial, a Comil vai poder produzir e comercializar e vai receber da Justiça um prazo para liquidar o passivo.