Mostra da Cultura Afro-Brasileira marca o Dia da Consciência Negra em Aratiba

0
392

O tema Consciência Negra é lembrando em todo o Brasil no dia 20 de novembro e foi destaque nesta sexta-feira (18) na Escola Municipal de Ensino Fundamental Aratiba. A data foi celebrada pelos alunos das escolas municipais e estaduais com atividades durante a 7ª Mostra da Cultura Afro-Brasileira, realizado no auditório da Escola.

O objetivo é comemorar de forma diferente o Dia da Consciência Negra, envolvendo os alunos com atividades em sala e trabalhos que proporcionem o conhecimento e a vivência da cultura dos povos afro-descendentes.

Neste ano, o tema dos trabalhos desenvolvidos foi “A criação do mundo na visão do povo africano, elemento ar, tempo universo (fogo, água, terra e ar)”. Este tema foi trabalhado com os alunos em sala de aula durante o ano juntamente com o professor de cultura afro Roberto Bahia e os professores das redes municipal e estadual.

A Cultura Afro-Brasileira foi apresentada através de exposições de cartazes, textos, figuras e alguns alunos estavam vestidos com roupas que representam os Deuses Africanos Orixás. As atividades preparadas pelos alunos levam a arte, a reflexão e o debate entre as crianças, jovens e adultos, difundindo a importância histórica e cultural do Dia da Consciência Negra.

Segundo o professor Roberto Bahia, Aratiba é um dos únicos municípios do Estado que está trabalhando diretamente no currículo escolar a Cultura Afro-Brasileira, como história mostrada em livros e, na prática, a culinária, a religiosidade e as vestimentas. A Secretaria Municipal da Educação possui material específico para trabalhar nas escolas.

O dia 20 de novembro é a data comemorativa da Consciência Negra, tendo como figura o Rei Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, que, na mesma data, em 1695, tombava como o grande ícone da resistência do povo negro e da luta contra a escravidão. O Dia da Consciência Negra é marcado pela luta contra o preconceito racial e pela valorização da raça negra na formação do povo brasileiro e na cultura do nosso país.

O Quilombo era uma localidade situada na Serra da Barriga, onde escravos se refugiavam. Com o passar dos anos, chegou a atingir uma população de 20 mil habitantes, em razão do aumento das fugas dos escravos.

O Dia da Consciência Negra é uma forma de lembrar o sofrimento dos negros ao longo da história, desde a época da colonização do Brasil, tentando garantir seus direitos sociais.