Novena de Fátima convida assumir a misericórdia como jeito de ser, a exemplo de Maria

0
256

Muitos devotos de N. Sra. enfrentaram o vento frio da primeira noite da novena de Fátima e participaram da procissão da Catedral ao Santuário e da missa na sua esplanada. A celebração foi presidida pelo Pe. Valter Girelli, Reitor do Santuário, e concelebrada pelo Pe. Giovani Momo, do Seminário. Equipe de instrumentistas, com animação dos Padres José Carlos Sala e Olírio Streher, sustentou a música e os diversos cantos.

Pe. Valter, na homilia, recordou que o Papa Francisco nos convida a contemplar Cristo, o rosto da misericórdia do Pai, especialmente neste Ano Santo Extraordinário. E se Maria é a mãe de Jesus, ela é a Mãe da Misericórdia. Com ela, todos podem achegar-se a seu Filho e assumir a misericórdia como jeito permanente de ser. Para ele, a misericórdia assume uma importância maior ainda frente à realidade social atual, com violência, intolerância, consumismo, materialismo, corrupção e tantas formas de exclusão jogando para as periferias existenciais uma multidão de pessoas. Recordou que esta novena abre o ano do centenário das aparições de Fátima, nas quais Maria pediu a conversão, a reconciliação e a recitação do terço para se alcançar a paz. Enfatizou que romaria é tempo de reconciliação e de intensa oração. Convidou cada devoto de Maria a identificar o que gostaria de lhe apresentar nesta novena. Ressaltou que assim como Deus enviou o anjo Gabriel anunciar a Maria que seria a Mãe do Salvador, Ele continua a nos convidar a participar do seu projeto de salvação. Como o anjo disse a Maria para não ter medo, ele convida a nada temer porque temos a assistência do Espírito Santo e a proteção carinhosa dela.

A palavra do Bispo e a bênção das capelinhas No final da missa, Dom José dirigiu sua mensagem aos que estavam na esplanada do Santuário e aos que acompanhavam a celebração pelos meios de comunicação. Situou a novena e romaria deste ano no contexto do Jubileu Extraordinário da Misericórdia rumo ao centenário das aparições de Fátima no próximo ano, para o qual a Diocese projeta a revitalização do Santuário. A primeira etapa do projeto, a nova calçada com iluminação especial, já está praticamente concluída. Motivou a todos a colaborar com a doação dos recursos necessários para a realização de todo o projeto. Recordou a importância das capelinhas circulando pelas famílias e invocou a bênção sobre as que as zeladoras tinham levado à celebração e a todos as outras presentes na Diocese.