Os benefícios e os cuidados com o Crossfit

0
791

Com uma promessa de ganho de massa magra, diminuição do percentual de gordura e melhoramento da capacidade cardiorrespiratória num tempo de treino máximo de 20 minutos, a nova febre das academias tem sido o crossfit, uma metodologia de treinos criada em 1995, que reúne vários exercícios de levantamento de peso, olímpico e básico, e de ginástica olímpica.

O crossfit desenvolve dez qualidades físicas motoras, como flexibilidade, coordenação, potência, força, resistência, equilíbrio, cardiorrespiratório, resistência muscular, precisão e agilidade. Os treinos de crossfit são baseados nos treinos de treinamento intervalado, onde você realiza exercícios por um determinado tempo (com esforço máximo) e descansa um tempo maior para repetir novamente a intensidade.

O mais importante para quem pratica exercícios é a diminuição da massa gorda, e estes tipos de treinos geram um consumo energético grande. Quanto mais elevada a intensidade e a duração da atividade, maior será a demanda energética do organismo para sua realização e, consequentemente, maior a utilização das reservas de energia do organismo.

A metodologia crossfit também está ganhando espaço no meio acadêmico, que através de pesquisas comprovou que esses exercícios geram benefícios para o corpo e a saúde, ajudando pessoas com hipertensão arterial, diabetes, cardiopatas e obesos. Além disto, promovem um consumo maior de energia e provoca adaptações fisiológicas responsáveis por aumentar os níveis de gasto calórico do organismo tanto durante o repouso quanto em atividade.

Por ser uma modalidade que você executa exercícios de grande dificuldade coordenativa, com alta intensidade e quase sem intervalo, há possibilidade de lesão muscular, mas como todo exercício, devemos iniciar com calma e com profissionais capacitados. É preciso trabalhar dentro de suas possibilidades, do seu nível de condicionamento e, claro, respeitando suas limitações, assim qualquer pessoa pode praticar este método de exercício.