Os seis erros mais cometidos na ginástica aeróbica

0
297

A atividade aeróbica, além de liberar neurotransmissores responsáveis pelo bem-estar, é uma ótima aliada do emagrecimento, pois ajuda a queimar calorias e acelerar o metabolismo. Entretanto, para fazer efeito, ela deve ser realizada da forma correta, na intensidade adequada, por um tempo mínimo e mais de uma vez por semana. Se você pratica exercícios aeróbicos e não está satisfeito com os resultados, verifique se está fazendo algum procedimento errado. A seguir, veja os erros mais comuns nessa atividade para você corrigir e fazer o seu treino render ainda mais.

1. Esquecer a diversão, realizando a atividade de forma monótona e sem prazer
Curtir a prática de atividade física é essencial. Quando o treino se torna chato, a pessoa fica sem estímulo para continuar e acaba desistindo. É muito importante fazer algo que te dê prazer para conseguir encarar o treino com disposição e animação, alcançando mais rapidamente os resultados. Atividades em grupo com amigos ou familiares são boas alternativas para mexer o corpo.

2. Ler durante o exercício e não prestar atenção no que está fazendo
Se você é daqueles que resolve deixar a leitura em dia na academia com livros e revistas, saiba que “isso pode fazer o seu treino não evoluir, pois é necessário ter concentração na hora de praticar atividades para não comprometer a evolução pessoal”, diz a personal trainer Paula Loiola. O exercício aeróbico só surte efeito se houver uma respiração concentrada. Quem não foca, acaba não alcançando o pico de trabalho cardíaco (patamar esperado do desempenho aeróbico).

3. Não respeitar a sua condição física
Um dos maiores erros dos que estão iniciando a atividade física é querer resultados rápidos e se esforçar além do que podem para atingi-los. O personal trainer Edson Ramalho conta que o resultado nunca vem depressa, por isso, não adianta ficar quatro horas seguidas na academia e não conseguir manter o treino.

A personal Paula completa dizendo que não respeitar a própria condição física pode acarretar lesões. É preciso fazer uma avaliação, pois cada pessoa consegue ter um empenho diferente na ginástica. A especialista também sugere que os iniciantes sigam um programa de treinamento adequado, juntamente com uma alimentação saudável e uma hidratação eficiente.

4. Se exercitar só aos fins de semana
Jogar bola no fim de semana e dar aquela corridinha depois de uma semana toda de ócio parecem atividades inofensivas. Entretanto, o personal Edson adverte que o índice de lesão entre os praticantes de atividade só aos fins de semana é grande, pois eles não têm preparo cardiovascular suficiente.

A personal Paula recomenda que, se a pessoa não costuma praticar atividade física, deve começar aos poucos, duas vezes por semana. Depois, pode aumentar para três vezes por semana e alternar os dias. Quando sentir que o seu condicionamento físico melhorou, pode praticar todos os dias alternando treino aeróbio com anaeróbio – sem exagerar no tempo que não deve ultrapassar uma hora. Ela ainda deixa uma dica: para aqueles que já estão acostumados a treinar e também para os iniciantes, monitorar o treino pode ajudar na evolução e evitar a desistência.

5. Fazer só dez minutos de aeróbica
Muitas pessoas acham que pouco tempo de atividade aeróbica já faz efeito e acabam fazendo apenas dez minutinhos do exercício como aquecimento. A personal Paula Loiola diz que o recomendado é realizar o trabalho numa intensidade de 65 a 75% da frequência cardíaca máxima no mínimo por 30 minutos. Ela ainda ressalta a importância da dieta balanceada, porque, se a ingestão for maior que o gasto, não há como emagrecer.

6. Achar que isotônicos substituem a água
Os isotônicos, como o Gatorade, repõe os eletrólitos (sódio, potássio) e deve ser consumido por atletas que têm grandes perdas de água, principalmente quando a atividade envolve corridas ao ar livre no calor de 30 ºC a 35ºC. O ideal para o restante das pessoas que fazem exercícios é beber só água antes, durante e depois da atividade física para melhorar a hidratação e o desempenho, recomendam os personais Paula Loiola e Edson Ramalho.