Piratini fará caravana para detalhar a crise financeira

0
663

A partir de segunda-feira, o governo do Estado dará largada em uma série de encontros regionais para detalhar a situação das contas públicas do Rio Grande do Sul, que tem déficit de R$ 5,4 bilhões projetado para 2015. A chamada Caravana da Transparência irá percorrer, entre os dias 30 de março e 16 de abril, nove cidades das regiões Serra, Norte, Central, Noroeste, Campanha, Litoral Norte, Fronteira Oeste, Vale do Caí e Vale do Taquari. A primeira cidade visitada será Passo Fundo, na segunda-feira. — Estaremos cumprindo a nossa obrigação de sermos transparentes. Não transformaremos disso em uma guerra de versões. A situação precisa ser compartilhada tal como ela é — afirmou o secretário de Comunicação, Cléber Benvegnú.
No grupo que comandará a apresentação dos dados, estão os secretários da Fazenda, Giovani Feltes, do Planejamento, Cristiano Tatsch, e da Casa Civil, Márcio Biolchi. Por enquanto, a participação do governador José Ivo Sartori nos encontros não está confirmada. Os representantes do Executivo ainda explicarão as medidas adotadas para enfrentar a crise e, além disso, também serão debatidas ações prioritárias para integrar o Plano Plurianual (PPA).
Neste ano, o Estado terá que desembolsar R$ 30,8 bilhões para cumprir todos os compromissos, enquanto que a arrecadação prevista é de R$ 25,5 bilhões. Com as fontes de financiamento praticamente esgotadas, o Piratini ainda tem passivo de R$ 663 milhões, referente a despesas realizadas e não pagas — só com hospitais a dívida é de R$ 255,1 milhões.
Fonte: clicrbs