Porcos e ovelhas agora produzem órgãos humanos para transplante

0
1838

Em 2014, apenas no Reino Unido, cerca de 430 pessoas morreram enquanto estavam na fila para transplantes de órgãos. Por isso, o país está bastante interessado em uma nova pesquisa que está sendo desenvolvida no Instituto Nacional de Saúde em Maryland.

Um grupo de cientistas está estudando uma forma diferente de conseguir desenvolver partes internas humanas utilizando animais como ovelhas e porcos. Parece um pouco grotesco, mas pode salvar dezenas de vidas caso a técnica que ainda está em fase de pesquisa seja transformada em procedimento padrão em tratamentos médicos.

De forma básica, o que se está fazendo é criar órgãos humanos dentro dos animais. Hoje mais de cinqüenta exemplares de tais espécies estão sendo cuidados e receberam células embrionárias humanas híbridas com objetivo de que eles desenvolvam partes como corações, fígados, rins e outros órgãos fundamentais. O experimento debruça-se na junção de tecnologias de ponta, seja na parte genética, seja no desenvolvimento biológico.

Com a mudança dos genes os cientistas agora podem transformar o DNA dos porcos e das ovelhas, para que eles possam ser incapazes de produzir alguns tipos de tecidos. Assim, ao inserir células tronco de uma pessoa, eles esperam que elas por si só tratem de realizar o trabalho que formar o órgão que falta, desta forma esta parte específica poderia se r extraída e usada no transplante.

Daniel Garry, um médico cardiologista que faz parte da equipe da Universidade de Minessota comentou em matéria do ‘Daily Mail’ que eles já conseguem criar um animal sem coração. “Nós desenvolvemos porcos com deficiência de músculos ósseos e vasos sanguíneos”, completou o especialista.

Apesar do sucesso que tem sido obtido, ainda há medo de que os híbridos vão tornar os animais demasiado humanos, o que poderia acarretar o desenvolvimento de manchas de cabelo humano, células reprodutivas ou inteligência superior.