Produtores de suínos estão à beira da falência

0
1391
Desde o início do ano se projetava um momento difícil para o produtor de suínos em Santa Catarina. E a crise realmente chegou. O setor está à beira da falência, afirma a Associação Catarinense de Criadores de Suínos. O problema, no entanto, não fica restrito ao estado. Toda a região sul passa por grandes dificuldades e muitos produtores já não sabem se permanecerão na atividade.
Produtores das três unidades federativas são categóricos ao afirmar que, se o cenário não mudar imediatamente, os suinocultores estarão fadados à falência em um prazo de no máximo 40 dias. Na visão deles, a situação é ainda mais alarmante para os produtores independentes. O presidente da ACCS, Losivanio Luiz de Lorenzi, avalia que o momento é desesperador, agravado principalmente pela briga política em Brasília. O preço do milho, segundo ele, é um dos maiores vilões.
A ACCS programa para segunda-feira, dia 4 de abril, às 10 horas, uma Audiência Pública na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). A entidade espera a participação dos produtores, lideranças políticas e representantes correlacionados com a área. Segundo Lorenzi, devem participar do encontro o Secretário de Estado da Agricultura, Moacir Sopelsa, e representantes da Associação Brasileira de Proteína Animal, Sindicarne e cooperativas.