Reabertura do Banco de Sangue adiada outra vez

0
661

Comitiva da AMAU, Associação de Municípios do Alto Uruguai, liderada pelo presidente Lirio Zarichta e integrada, também, por representantes do Banco de Sangue e da 11ª Coordenadoria Regional de Saúde, foi recebida, em audiência nesta quinta-feira(03), pelo secretário adjunto de Estado da Saúde Francisco Zancan Paz. O encontro, que teve como objetivo agilizar a reabertura do Banco de Sangue em Erechim, teve, ainda, a participação de técnicos da Hemorrede, do Cevs – Centro Estadual de Vigilância Santiária e do Fepps – Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde.

O administrador judicial provisório do Banco de Sangue de Erechim, Jackosn Arpini, resumiu a situação da entidade desde a sua nomeação em julho de 2015, chamando a atenção para a importância das parcerias público-privadas neste cenário de crise que vem ao encontro dos interesses da comunidade. Também ressaltou que esta situação fica exemplificada com a parceria da entidade com o SUS – Sistema Único de Saúde.

Arpini, abordou, ainda, as dificuldades financeiras que podem levar à falência da instituição e enalteceu que gostaria de ver um Estado fiscalizador,  mas também um Estado apoiador nas causas comuns de interesse social.

Por fim ficou deliberado uma reunião técnica entre a equipe do Banco de Sangue e técnicos da Cevs para terça-feira(08) em Porto Alegre, com o objetivo de regularizar as pendência dos POPs – Procedimentos Operacionais Padrão apontados do relatório de interdição  para posterior avaliação in loco. O assunto também foi alvo de pauta em reunião na Casa Civil, com o secretário Márcio Biolchi.