Reajuste no preço do suíno pago pelas agroindústrias de Santa Catarina

0
311

O mercado de suínos estará mais aquecido durante a semana com a proximidade das festas de fim de ano. Com a expectativa de boa procura por animais para abate, a bolsa de suínos de Santa Catarina foi fechada nesta segunda-suinosfeira a R$ 4,20. O movimento de alta de preços também é um reflexo do reajuste de R$ 0,10 feito pelas agroindústrias nesta segunda-feira aos suinocultores integrados pelo quilo do suíno.

A BRF, Pamplona e JBS passam a pagar R$ 3 pelo quilo do animal, enquanto a Cooperativa Central Aurora reajustou o valor para R$ 3,10.

O presidente da Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS), Losivanio Luiz de Lorenzi, lembra que há quatro meses os produtores integrados estavam sem reajustes. Apesar da reação, o representante da entidade ressalta que a melhora do cenário no fim de ano ainda não é o bastante para recuperar os prejuízos amargados em 2016. “Ainda não atingimos sequer o patamar do início do ano, quando o valor pago pela indústria era de R$ 3,20 pelo quilo do suíno vivo”.

Losivanio prevê que a procura por suínos deve aumentar nos próximos dias já que o Natal e Ano Novo serão comemorados em domingos.