Rio Grande do Sul fechou mais de 100 mil postos de trabalho no último ano

0
432

O Rio Grande do Sul cortou 101.553 empregos nos últimos 12 meses. É o saldo negativo que resulta entre as demissões e as contratações com carteira assinada, conforme o cadastro do Ministério do Trabalho.

Mais da metade deste corte – quase 56 mil – ocorreu na indústria de transformação. Redução de emprego em todos os segmentos, mas principalmente na indústria mecânica.

O setor de serviços – que sentiu a crise por último – também demitiu muito. São 20 mil vagas a menos.

Até o comércio tem resultado negativo. Puxado pelo varejo, o setor demitiu quase 13 mil mais pessoas do que contratou.

Construção civil segue piorando. Um dos primeiros setores a sentir a desaceleração da economia brasileira – quando ainda era só um desaquecimento. Saldo negativo de quase 14 mil vagas em 12 meses.

Só um setor teve resultado positivo no Rio Grande do Sul neste período: a agropecuária. Criou 2.253 vagas. Mas ainda muito longe de conseguir sustentar o resultado total do Estado.