RS irá receber vacinas antitetânica na próxima semana

0
718

O Rio Grande do Sul irá receber, na próxima semana, uma nova remessa de vacina antitetânica que, neste momento, está em falta na rede pública de saúde. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), a previsão de envio das doses foi confirmada pelo Ministério da Saúde, responsável pela distribuição das vacinas, mas a quantidade ainda é incerta.

Desde dezembro, as unidades públicas de saúde do Estado registram falta de vacinas e fazem racionamento dos estoques. As doses contra hepatite B estão terminando e, por isso, a aplicação está sendo priorizada para gestantes e crianças recém-nascidas. Para hepatite B, a imunização pode ser feita em clínicas particulares, mas as doses custam entre R$ 70 e R$ 110 em Porto Alegre. Na rede pública, também há problemas no estoque para vacinas contra a hepatite A.

Para quem precisa da imunização contra a raiva, os postos de saúde estão sendo orientadas a racionalizar as doses, centralizando os estoques em pontos estratégicos, e não em todos as unidades. Os soros, como o antiveneno e o antirrábico, também enfrentam problemas de distribuição no Estado, assim como a vacina DT, que protege adultos contra a difteria e o tétano.

A previsão do governo federal era de que um novo lote de vacinas contra a hepatite B fosse enviado ao Estado em fevereiro mas, até agora, a distribuição não foi realizada.