RS registra uma infração por excesso de velocidade a cada 16 segundos,...

RS registra uma infração por excesso de velocidade a cada 16 segundos, aponta Detran

405

O excesso de velocidade está no topo do ranking das infrações mais flagradas no Rio Grande do Sul. No ano passado, foram registradas 1,9 milhão de infrações por excesso de velocidade, o que representa uma multa a cada 16 segundos.
Os números divulgados pelo Detran-RS são um alerta e fazem parte da campanha “Salves Vidas, Reduza a Velocidade”, da Organização Mundial da Saúde, em razão da Semana Mundial do Trânsito.
As multas por excesso de velocidade variam de R$ 200 a R$ 1 mil. Além disso, o condutor pode acumular de quatro a sete pontos na carteira, no caso de uma infração gravíssima.
“De forma geral, o valor baixo das multas não causa preocupação e muitos alegam, inclusive, que é um direito dele optar pela velocidade e que o dinheiro pra pagar as multas ele possui”, afirma Cássio Garcez, chefe da delegacia da PRF em Porto Alegre.
Para que se tenha noção do perigo que a alta velocidade representa, um carro a 50 km/h precisa de 27 metros para parar. Se o deslocamento for a 60 km/h, a distância aumenta para 36 metros. Já a 80 km/h, o veículo só consegue parar após 58 metros de frenagem.
O Manual de Segurança Viária aponta que um pedestre sobrevive a um atropelamento por um automóvel a 30 km/h. A maioria das pessoas atingidas por carros a 50 km/h morre.
“O estado do Rio Grande do Sul, desde o ano de 2015, adotou uma série de ações na área da educação, na melhoria na formação dos condutores. Mas não tem outro caminho a não ser a intensificação da fiscalização de trânsito para reduzir os índices de acidentalidade”, avalia o diretor do Detran-RS, Ildo Mario Szinvelski.