Termina nesta segunda o prazo para regularizar situação eleitoral

0
547

Os eleitores que não votaram ou não justificaram a ausência nas últimas três eleições têm até esta segunda-feira (4) para regularizar a situação eleitoral. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), cada turno é considerado uma eleição e quem está irregular deve comparecer a um cartório eleitoral com um documento oficial com foto, o título eleitoral e também os comprovantes de votação, de justificativa e de recolhimento ou de dispensa de recolhimento de multa. Caso o eleitor não regularize a situação, o título será cancelado pela Justiça Eleitoral.

De acordo com o TSE, dos mais de 1,7 milhão de eleitores faltosos, 2,75% regularizaram a situação até agora. A regra estabelecida pela resolução do tribunal vale também para as eleições municipais, referendos e até mesmo aquelas que precisam ser feitas outra vez por terem sido anuladas.

Para saber se o título está irregular, o eleitor pode consultar os cartórios eleitorais ou o site do TSE no link Situação Eleitoral. Quem tiver o título cancelado fica impedido de tirar passaporte e carteira de identidade, terá dificuldade para ser nomeado em concurso público entre outras consequências. Nos casos em que o voto é facultativo, o eleitor não tem o título cancelado