TSE cassa prefeito e vice de Xavantina; gestores serão afastados

0
620

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve as decisões já tomadas pela Justiça Eleitoral de Seara e pelo Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina e cassou o prefeito de Xavantina, Mauro Poletto e o vice José Dal Bosco, ambos do Partido dos Trabalhadores. Também os tornou inelegíveis, juntamente com o ex-prefeito Ari Parizotto.

De acordo com o advogado de Seara, Wilson de Souza, a decisão do TSE, em Brasília, foi publicada nesta segunda-feira (2) e obrigará os dois gestores públicos a deixarem os cargos. Os dois são réus em um processo de compra de votos em 2012 e abuso de poder político e econômico. A decisão em Brasília obriga o afastamento dos dois gestores públicos antes de qualquer outra contestação judicial.

Conforme os autos, escutas telefônica e gravações com câmeras escondidas foram recursos utilizados para provar a corrupção, mas sem a autorização da Justiça. Deverá assumir o cargo o presidente da Câmara de Vereadores de Xavantina.

Wilson de Souza afirma também que nova eleição irá ocorrer de forma indireta através do Legislativo Municipal. O TRE irá trabalhar no calendário da eleição e qualquer cidadão poderá concorrer a Prefeito se estiver em pleno gozo de seus direitos políticos.