Criado pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) para avaliar a administração do dinheiro público nas prefeituras a partir de estatísticas oficiais, o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), composto por cinco indicadores: receita própria, gastos com pessoal, investimentos, custo da dívida pública e liquidez (restos a pagar), foi divulgado nesta quinta-feira (18) mostrando o ranking dos municípios brasileiros referentes ao ano de 2013, calculado a partir de dados oficiais, informados pelas prefeituras ao Tesouro Nacional.
Nesta avaliação, além do ranking nacional, a instituição também relacionou o resultado de cada município de acordo com o Estado da Federação.
Na Região Alto Uruguai, o município de Marcelino Ramos lidera o ranking. Aratiba ocupa a 3ª posição e em nivel de estado, Aratiba ocupa a 41º posição.
01 – Marcelino Ramos 29º
02 – Mariano Moro, em 32º
03 – Aratiba, em 41º
04 – Gaurama, em 58º
05 – Erechim, em 70º
06 – São Valentim, em 91º
07 – Erebango, em 110º
08 – Quatro irmãos, em 115º
09 – Campinas do Sul, em 125º
10 – Jacutinga, em 144º
11 – Erval Grande, em 147º
12 – Ipiranga do Sul, em 154º
13 – Áurea, em 157º
14 – Paulo Bento, em 177º
15 – Severiano de Almeida, em 196º
16 – Floriano Peixoto, em 207º
17 – Centenário, em 212º
18 – Entre Rios do Sul, em 225º
19 – Carlos Gomes, em 246º
20 – Viadutos, em 262º
21 – Barão de Cotegipe, em 266º
22 – Getúlio Vargas, em 274º
23 – Itatiba do Sul, em 293º
24 – Faxinalzinho, em 295º
25 – Barra do Rio Azul, em 358º
26 – Três Arroios, em 441º
27 – Sertão, em 458º
28 – Estação, em 467º
29 – Benjamim Constant do Sul, fora do ranking, está situado no 492º lugar
30 – Ponte Preta, fora do ranking, está situado no 496º lugar.

Anúncio Patrocinado