Muito mais do que tradicionais na mesa do brasileiro, o arroz e feijão formam ótimo casamento do ponto de vista nutricional. Eles se completam, uma vez que os aminoácidos (unidades de proteína) que um tem em falta, o outro possui. A nutricionista Karina Bellini defende que a combinação é indicada especialmente para crianças e adolescentes.

“O arroz, carboidrato, fornece energia, enquanto o feijão contribui com proteínas, que atuam na construção muscular”, informa. “O feijão também tem bastante ferro, muito importante pra quem está crescendo. Esse mineral ajuda na produção dos glóbulos vermelhos do sangue e auxilia o crescimento. Além disso, o feijão tem diversos outros minerais, como o cálcio, fundamental para os ossos”, comenta.

A popularidade do prato acaba por contribuir para a alimentação saudável de todas as classes sociais. “Muitas pessoas não têm condições de comprar carne, principal fonte de proteína, todos os dias. Nesses casos, consumir arroz e feijão pode ser uma ótima alternativa”, indica. Conforme Karina, a tradição alimentar é mais voltada para o consumo de massas e de pães no sul do Brasil.

Vale lembrar que o Guia Alimentar do Ministério da Saúde indica o consumo do par todos os dias, sendo uma parte de feijão para duas de arroz cozido.

Anúncio Patrocinado