Uma quadrilha fortemente armada assaltou dois bancos na tarde desta quarta-feira (9) no município de Maximiliano de Almeida. Os criminosos fizeram um cordão humano com funcionários e clientes e fugiram levando reféns, que já foram liberados.

Segundo a Brigada Militar, seis ou sete assaltantes armados com pistolas e armas longas invadiram primeiro uma agência do Banco do Brasil e depois uma agência do Banrisul, que ficam a menos de 50 metros uma da outra, na Rua José Bonifácio, no centro da cidade.

Testemunhas relataram que os criminosos fizeram vários disparos no lado de fora dos bancos. Cientes e funcionários foram obrigados a ficar sem camisa e de mãos dadas, formando uma espécie de cordão humano para proteger os assaltantes.

Na fuga, seis pessoas foram colocadas na caçamba de uma Toyota Hilux e levadas como reféns pelos assaltantes. Todas foram liberadas logo depois, sem ferimentos. Houve troca de tiros entre os assaltantes e a polícia. Uma viatura foi alvejada por um disparo de fuzil, mas o policial não foi atingido, diz a Brigada Militar do município.

Os assaltantes abandonaram a caminhonete no município vizinho de Paim Filho. Eles seguiram a fuga em um Astra preto, com placas de Gramado. A Brigada Militar suspeita que mais pessoas tenham dado apoio à ação. Barreiras estão sendo montadas na região em busca dos criminosos.

Anúncio Patrocinado