A Famurs comemora a adesão de mais um município ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial, Familiar, Artesanal e de Pequeno Portem (Susaf). Aratiba foi aprovado no processo de auditoria técnica que amplia para todo o RS a comercialização dos produtos de origem animal industrializados pela Agroindústria Embutidos Dallavecchia. A finalização do processo depende agora da publicação de portaria por parte da Secretaria da Agricultura e Pecuária (Seapa) e poderá beneficiar outras empresas do município. Pinheiro do Vale, na região da Produção, também conquistou no início deste mês o status de município integrado ao sistema de inspeção estadual.

Para o prefeito de Aratiba, Luiz Angelo Poletto, a adesão ao Susaf representa um grande avanço para o município. Segundo ele, a conquista é resultado de investimentos realizados no Serviço de Inspeção Municipal, desde 2009. Entre as ações estão a contratação de veterinário, técnicos e assistentes, além da qualificação técnica das equipes. Poletto acredita que a ampliação de mercado deverá duplicar a capacidade de produção da empresa, gerar emprego, renda e fortalecer a economia do município.

Desde 2013, período em que o Susaf passou a vigorar no Estado, a Famurs promove oficinas, cursos, capacitações, treinamentos e articulação política para auxiliar os municípios. De acordo com informações do Departamento de Agricultura da Famurs, mais da metade dos municípios gaúchos solicitou adesão voluntária ao sistema estadual. Os municípios que já aderiram são: São José do Sul, Salvador do Sul, Victor Graeff, Feliz, Restinga Seca, Pinheiro do Vale e Aratiba.

O que é Susaf-RS?
Com a publicação da Lei 7.889/89, os estabelecimentos que industrializam produtos de origem animal, e que possuem registro nos Serviços de Inspeção Estaduais foram proibidos de transitar com seus produtos em outras unidades da federação. Da mesma forma, aquelas empresas registradas nos Serviços de Inspeção Municipais foram impedidas de comercializar seus produtos em outros municípios.

A implantação do Susaf, regulamentado pelo Decreto Estadual n° 49340 de 05 de julho de 2012, permite aos estabelecimentos registrados nos serviços de inspeção municipais e que estejam engajados neste sistema, o comércio em todo o território do estado do Rio Grande do Sul, o que só caberia àqueles registrados na Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio (Seap) por meio do Serviço Estadual de Inspeção (Cispoa). Para que os municípios obtenham, de forma voluntária a adesão a esse sistema, é necessária a comprovação da equivalência junto à Seap dos seus processos e procedimentos de inspeção e fiscalização.

Anúncio Patrocinado