Mudanças constantes de humor podem significar futura demência, segundo estudo realizado pela Universidade College London, no Reino Unido. A pesquisa, publicada na revista científica Journal of Alzheimer’s Disease, envolveu pacientes com demência frontotemporal. Os amigos e familiares dos 48 pacientes voluntários responderam questionários e, a partir disso, os pesquisadores concluíram que havia uma instabilidade no humor antes de ser diagnosticada a demência. De acordo com os pesquisadores, a área do cérebro afetada pela doença é responsável pela personalidade e pelo comportamento, e as pessoas que desenvolvem esse tipo de doença perdem a vergonha e se tornam impulsivas. A pesquisa mostrou que muitos pacientes haviam desenvolvido um senso de humor obscuro, como rir em eventos trágicos da vida de outras pessoas ou no noticiário. O pesquisador Simon Ridley, do Alzheimer’s Research UK, recomendou que pessoas com características de mudança de humor devem buscar apoio médico.

Anúncio Patrocinado