Na última sexta-feira(18), o prefeito municipal de Aratiba, Luíz Ângelo Poletto, concedeu entrevista à Rádio Aratiba, no programa Nova Manhã. Na entrevista, o prefeito Poletto, fez uma avaliação do ano 2015 e projetou o ano de 2016.

Segundo Luíz Ângelo Poletto, no ano de 2015, o município deixou de arrecadar R$ 4.000.000,00, em decorrência, principalmente, pela diminuição na arrecadação de recursos da Usina Hidrelétrica Itá e nos  repasses de verbas do governo federal e estadual. Porém, o prefeito destacou alguns objetivos alcançados no ano 2015:
– Pagamento dos salários e o 13º do funcionalismo em dia;
– A não adesão ao turno único;
– Manutenção da máquina pública dentro da normalidade;
– A implantação do SUSAF, no qual agricultores e agroindústrias, que aderirem ao SIM, Sistema de Inspeção Municipal, poderão comercializar seus produtos em outros municípios do Rio Grande do Sul;
– Manutenção de programas na área da saúde e educação, observando que Aratiba tem uma das melhores educação e saúde do Estado do Rio Grande do Sul;
– Os grandes investimentos na Associação Comunitária Hospitalar;
– O incubatório que gera emprego e renda para o município;
– O grande número de serviços particulares, principalmente terraplanagem e estradas, no meio rural, totalmente gratuitos.
– O término do asfaltamento da sede do município ao Distrito de Dourado. Esta obra, segundo o chefe do poder executivo, não deverá ser concluído neste ano, devido ao grande volume de chuva que cai na região, mas muito provavelmente em fevereiro ou março de 2016;
– A construção do Estádio Municipal, que deverá ser pré-inaugurado no próximo dia 23 de dezembro, em jogo festivo entre amigos de Aratiba e amigos de Erechim.

O prefeito Poletto também projetou 2016, dizendo que o clima político e econômico do Brasil o preocupa, e o município deverá arrecadar em torno de R$ 3.000.000,00 a menos em relação ao previsto, mas deverá manter todos os programas até aqui colocados em prática pela administração municipal.
Ressaltou também que 2016 será um ano de eleições municipais, sugerindo um consenso entre os partidos para administrar o município a partir de 2017.
Luíz Ângelo Poletto, na entrevista concedida à Marciano Rorig, desejou a todos o munícipes, um feliz natal e um próspero ano de 2016.

Anúncio Patrocinado