O empresário Márcio Eloi Cervinski, 41 anos, foi assassinado durante tentativa de assalto ao mercado de sua propriedade, na tarde deste sábado, 26 de dezembro, no bairro Parque Lívia em Erechim. Cervinski foi atingido com um tiro na cabeça após supostamente reagir ao roubo.

Conforme moradores das proximidades, o crime ocorreu por volta das 19h, quando dois indivíduos armados, tripulando uma moto Fazer, cor vermelha, chegaram ao estabelecimento, na Rua Lysandro Araújo, e anunciaram o roubo.

Cervinski supostamente teria entrado em luta corporal com um dos assaltantes e do lado de fora do mercado, acabou atingido por um tiro na cabeça. A dupla fugiu logo em seguida e, ainda de acordo com informações de populares, teria disparado pelo menos outros dois tiros no interior do local na tentativa de intimidar uma segunda pessoa que estaria no estabelecimento.

A Brigada Militar iniciou buscas pelos assaltantes e prendeu um suspeito que estaria com uma moto furtada com características semelhantes da usada no assalto, mas até o momento, informações oficiais não foram divulgadas.

Leis porcas
Segundo relatos de amigos da vítima, Cervinski trabalhava como viajante e teria comprado o mercado há menos de três meses, pois pretendia levar uma vida mais tranquila e próxima da família.

“Isso é resultado dessas leis porcas do Brasil, onde pagamos impostos e mais impostos e não temos segurança nenhuma”, desabafou um familiar.

IGP
Como Erechim não possui um posto do IGP (Instituto Geral de Perícias), é necessário aguardar os profissionais de Passo Fundo, que até por volta das 21h ainda não haviam chegado ao local para iniciar o levantamento, assim o corpo da vítima permanecia sobre a calçada.

No último dia 16, o corpo do empresário Marcos Vinícius Dufloth, 48 anos, ficou cerca de quatro horas sobre o asfalto quente da BR 153, aguardando os peritos de Passo Fundo, após falecer em acidente de trânsito.

Na manhã do dia 08 de dezembro, o corpo do empresário Isidoro Antônio Rebelatto, 65 anos, assassinado em Campinas do Sul após tentativa de assalto ao posto do qual era proprietário, teria aguardado aproximadamente 12 horas até a chegada da perícia.

A instalação de um posto do IGP em Erechim é uma antiga reivindicação da comunidade, já que a Coordenadoria de Passo Fundo atende a 149 municípios.

Anúncio Patrocinado