Além de ser responsável por aumentar o vínculo entre a mãe e o bebê, o aleitamento materno pode ajudar a prevenir doenças como anemia, câncer de mama e de ovário, diabetes e infarto cardíaco, explica a médica nutróloga Elza de Mello. Isso acontece, segundo a especialista, porque, durante a amamentação, as mulheres passam a produzir mais ocitocina – hormônio que inibe as substâncias que desencadeiam nervosismo e estresse. “Existem estudos observacionais que comprovam esta ligação entre a amamentação e a prevenção de doenças crônicas. Então, além de benéfico para o bebê, o aleitamento também é ótimo para a mãe”, explica a médica nutróloga.

Anúncio Patrocinado