A convite do prefeito de Aratiba, Guilherme Eugênio Granzotto, lideranças dos municípios de Aratiba, Mariano Moro, Severiano de Almeida, Três Arroios, Barra do Rio Azul e Itatiba do Sul estiveram reunidas, na última sexta-feira (15), em Aratiba, debatendo a suinocultura na região.

Representantes das integradoras que trabalham na região também participaram do encontro, que buscou soluções para a distribuição dos dejetos suínos.

Granzotto disse que a iniciativa tem por finalidade definir regionalmente uma estratégia, objetivando minimizar o problema. “O problema existe, os municípios possuem pesadas estruturas para dar destino aos dejetos da cadeia produtiva. As integradoras precisam contribuir de forma mais efetiva na solução do problema”, destacou Granzotto.

Lírio Zarichta, prefeito de Três Arroios, acredita que é preciso buscar uma solução, caso contrário os municípios poderão deixar de prestar tal serviço. “Não é de competência dos municípios dar destino aos dejetos, ainda estamos fazendo, mas é preciso qualificar a produção, não só cobrindo as esterqueiras, mas também utilizando cisternas e melhorando a qualidade dos bebedouros nas pocilgas”, disse Zarichta.

Adriana Tozzo, prefeita de Itatiba do Sul, propôs a inclusão do tema nos licenciamentos ambientais.

O prefeito de Severiano de Almeida, Milto Vendrúsculo, defendeu que seja dado incentivo maior pelo poder público às propriedades que tenham jovens para a sucessão da atividade.

Ademar Vitorassi, secretário da Administração de Mariano Moro, representando o prefeito Irineu Fantin, concorda com a pauta e defende que seja definido um prazo para as adequações, que pode ser de dois anos.

Como encaminhamento, formou-se um grupo de trabalho com a presença das integradoras Copérdia e Alfa, do sistema Aurora, e a BRF. As empresas irão buscar o envolvimento técnico e ambiental visando a implementação do projeto.

O prefeito de Aratiba também manifestou preocupação com a distribuição dos dejetos de forma errada, podendo prejudicar o meio ambiente.

Anúncio Patrocinado