Mesmo com as dificuldades decorrentes das normas de saúde, a Assistência Social e o CRAS, em conjunto com o Poder Público, continuam e incrementam o trabalho.

São várias ações em benefícios da população como: Cadastro Único, Bolsa Família, cadastro para o auxílio emergencial de R$ 600 do governo, tarifa social de energia elétrica, entrega de vale passagem para os idosos e a campanha do agasalho, iniciada em maio. Mais de 300 famílias estão recebendo a cesta básica.

Durante os meses de pandemia foram executadas ações urgentes e necessárias como a entrega de máscaras, álcool em gel, cesta básicas, gás, kit de limpeza e higiene.

A secretária de Assistência Social, Sirlene Pavoni, informa que atualmente o que preocupa é a falta de recursos humanos, diante do afastamento de vários profissionais por recomendação médica. “Pedimos que as pessoas sejam solidarias principalmente com as pessoas em situação de vulnerabilidade neste momento difícil”, disse.

Anúncio Patrocinado