Neste ano, acidentes envolvendo podas tiveram um aumento significativo comparado com 2019

Com mais tempo em casa por conta da necessidade de distanciamento social neste período de pandemia, muitas pessoas estão aproveitando o para fazer pequenas obras, pintura e até mesmo podar daquela árvore no jardim ou na frente de casa. Quer os serviços sejam feitos pelo proprietário ou por profissionais contratados é preciso estar atento às medidas de segurança.

Um levantamento realizado pela CPFL mostra a importância deste tema. Somente em 2019, as concessionárias do Grupo CPFL nos estados de São Paulo e Rio Grande do Sul registraram dois acidentes envolvendo poda, um deles fatal.

Somente no primeiro trimestre deste ano ocorreram cinco acidentes durante podas de árvores, um deles fatal. Uma estatística preocupante, visto que no mesmo período de 2019 não houve nenhum acidente em toda a área de concessão do grupo.

“É muito importante planejar todo o trabalho e fazer o reconhecimento do local, determinando os tipos de máquinas e ferramentas adequadas, bem como as distâncias seguras da rede elétrica. Além disso, é imprescindível que os serviços sejam realizados respeitando as normas técnicas de segurança”, explica o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da CPFL Energia, Marcos Victor Lopes.

Consciente da importância em manter um trabalho permanente de orientação para a população, as distribuidoras do Grupo CPFL Energia, entre elas a RGE, trabalham fortemente sua campanha de segurança “Guardião da Vida”. Além de dicas e conselhos para a população em geral e trabalhadores dos centros urbanos, a campanha traz também informações sobre os cuidados que devem ser levados em consideração ao executar um trabalho de poda de árvores. Confira, abaixo, algumas dicas de segurança:
1. Para evitar acidentes, o cliente não deve tentar executar o serviço sempre que houver proximidade da árvore e/ou seus galhos com a rede elétrica.
2. Nos casos em que galhos ou copa de árvores estejam oferecendo riscos e danificando os fios de energia elétrica, o cliente poderá solicitar através dos canais de atendimento da companhia uma avaliação técnica para verificar os reparos.
3. Para que seja possível uma intervenção imediata, caso ocorra faiscamento na rede elétrica a comunicação deve ser feita na Central de Atendimento de sua distribuidora.
4. Em dias de chuva, temporais e fortes ventanias, é comum que galhos de árvores interfiram na rede elétrica, danificando os fios e postes de energia. Nestes casos, se houver interrupção no fornecimento de energia, o cliente deve utilizar o serviço Falta de Energia para comunicar a situação e nunca realizar pode nessas condições.
5. A responsabilidade pelas podas de árvores é da Prefeitura Municipal. A CPFL realiza podas somente em casos de extrema necessidade, como em situações emergenciais de risco para a população e a rede elétrica.
6. Na dúvida, entre sempre em contato com um de nossos canais de atendimento e receba orientações para uma construção segura.
Serviços:
App: CPFL Energia (disponível para Android e iOS)
Site: www.rge-rs.com.br
WhatsApp: (51) 3539-6791
SMS: 27350
Call Center: 0800 970 0900

Sobre a RGE
Responsável por distribuir 66,7% da energia elétrica consumida no Rio Grande do Sul e atender 2,9 milhões de clientes em 381 municípios gaúchos, a RGE é hoje a maior distribuidora da CPFL Energia em extensão territorial e número de cidades atendidas. A área de concessão da companhia, que é resultado do agrupamento das distribuidoras RGE e RGE Sul, realizado em janeiro de 2019, totaliza 189 mil km² de extensão, abrangendo as áreas urbanas e rurais das regiões Metropolitana, Centro-Oeste, Norte e Nordeste do estado.
Os investimentos realizados pela RGE contribuem para o desenvolvimento socioeconômico de locais de fundamental importância para a economia do estado, que vão desde fortes polos turísticos, agrícolas e pecuários, até grandes centros industriais e comerciais, trazendo mais bem-estar, conforto e infraestrutura para a vida de 7,4 milhões de gaúchos.

Sobre a CPFL Energia
A CPFL Energia, há 107 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização e serviços. Desde janeiro de 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e a maior empresa de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.
Com 14% de participação, a CPFL Energia é uma das maiores empresas no mercado de distribuição, totalizando mais de 9,7 milhões de clientes em 687 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 4%. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras.
Na geração, é a terceira maior agente privada do País, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis, como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Considerando a participação acionária na CPFL Renováveis (99,94%), maior empresa de geração da América Latina a partir de fontes alternativas de energia, a capacidade instalada do Grupo CPFL alcançou 4.304 MW, no final de setembro de 2019.
A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da B3 e ADR Nível III na NYSE. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.

Anúncio Patrocinado