Ganhadores já podem retirar seus prêmios junto à prefeitura

O programa Nota Fiscal Gaúcha retomou neste mês os sorteios em nível Estadual e também os municipais. Com isso, foram conhecidos os vencedores da etapa municipal de Severiano de Almeida, no mês de março.

Carlos Alberto Possebom, de Água Santa, ficou com o primeiro prêmio; Júlio Walter Noetzold, de Nova Boa Vista, com o segundo prêmio e Valmor Lazzarin, de Severiano de Almeida, com o terceiro prêmio.

Na etapa municipal, o primeiro lugar ganha um vale-compras no comércio da cidade, no valor de R$ 300,00, o segundo, R$ 200,00 e o terceiro R$ 100,00.

A população de Severiano de Almeida pode concorrer nos sorteios mensais do programa, que acontecem sempre na última quinta-feira de cada mês. A premiação municipal sorteia mensalmente vales compras no comércio de Severiano de Almeida.

Já os prêmios em nível estadual podem chegar à R$ 300 mil. O Nota Fiscal Gaúcha é um programa do Estado, que visa fomentar a cidadania fiscal, a concorrência leal e o aumento da arrecadação, por meio do estímulo à emissão de documentos fiscais pelas empresas e sua exigência por parte dos consumidores.

Para concorrer aos prêmios nos sorteios mensais, tanto estadual, quanto municipal, os contribuintes devem realizar o cadastro junto ao programa Nota Fiscal Gaúcha. Para isso, podem se dirigir até a prefeitura e realizar o cadastro, ou então fazê-lo pelo site do Programa, no endereço nfg.sefaz.rs.gov.br.

Campanha Paguei Quero Nota

Lembrando, que a campanha “Paguei Quero Nota”, de Severiano de Almeida, segue realizando a troca de notas por cupons.

A campanha consiste na troca de notas fiscais, que contenham o CPF do consumidor, por cupons para concorrer aos prêmios. Esta troca já pode ser feita, junto à prefeitura.

O primeiro prêmio é uma motocicleta 150cc nova; o segundo prêmio um refrigerador 220 Litros novo; 3º prêmio um televisor de 40” novo; 4º prêmio um vale rancho no valor de R$ 1.000,00 (um mil reais); 5° prêmio um vale rancho no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais). Os vales compras deverão ser gastos obrigatoriamente no comércio local.

Somente serão trocadas notas fiscais das empresas locais diretamente ao consumidor final ou usuários de serviços prestados, não sendo permitida a troca de nota fiscal de pessoa jurídica ao proprietário da entidade comercial.

Com principal objetivo de incentivar as compras no comércio local, a ação visa ainda benefícios aos consumidores.

Outra meta é ampliar a educação fiscal na hora de fazer as compras, solicitando a nota fiscal. O sorteio dos cupons será realizado junto a Programação Natalina, em dezembro.

Anúncio Patrocinado