Objetivo é fazer com que as famílias solicitem nota fiscal nas compras além de poderem concorrer a prêmios

A pandemia do coronavírus (Covid-19) tem mantido paralisadas as aulas presenciais em Severiano de Almeida. No entanto, os estudantes da rede pública municipal estão recebendo as atividades em casa, como forma de manter os estudos e o calendário 2020 de aulas.

Neste mês de agosto, além dos trabalhos de aula, os estudantes também receberam um folder do Programa de Educação Fiscal e Nota Fiscal Gaúcha (NFG) no município, que tem por objetivo orientar as famílias a pedirem nota fiscal ao fazerem suas compras.

Ao solicitar a nota fiscal, o consumidor contribui consigo mesmo, já que ajuda a prefeitura a arrecadar mais impostos e estes voltam para a comunidade em forma de serviços e atendimentos necessários. Também pode participar de sorteios mensais em nível estadual e municipal, de prêmios, conforme prevê o Programa Nota Fiscal Gaúcha.

Para participar dos sorteios, o consumidor precisa preencher o formulário no site do NFG, que pode ser feito através de qualquer smartphone ou computador. Quem precisar, pode também comparecer a prefeitura para fazer o cadastro.

A educação fiscal é uma atividade trabalhada com estudantes da rede pública municipal, na parceria entre a Secretaria de Educação, Cultura, Desporto e Turismo, com as escolas Professor Fioravante Lorini, Fortunato Parmigiani e Escola de Educação Infantil Tia Mercedes, através das ações propostas pelos programas de Educação Fiscal (municipal) e Nota Fiscal Gaúcha (estadual).

Anúncio Patrocinado