O governo federal deve lançar nesta terça-feira (25) o programa Casa Verde e Amarela, que vai substituir o Minha Casa, Minha Vida. A expectativa é que a nova modalidade de financiamento permita não apenas a construção de novas moradias, mas também a regularização de imóveis de famílias de baixa renda.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, afirma que a reformulação do programa vai beneficiar um milhão de famílias. Os recursos do Casa Verde e Amarela serão provenientes do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A expectativa é que os juros caiam até 0,5% para as famílias com renda de até três salários mínimos.

A iniciativa deve ser lançada no mesmo dia em que o governo federal vai anunciar uma série de medidas de aprimoramento da Economia e do lançamento do programa Renda Brasil, que vai substituir o Bolsa Família.

Anúncio Patrocinado