As regiões Covid de Caxias do Sul e Guaíba foram as duas cujos pedidos de reconsideração foram deferidos. Sendo assim, ambas permanecem na bandeira laranja. As regiões de Erechim, Passo Fundo e Santa Maria seguem na bandeira vermelha, e juntam-se a Porto Alegre e Palmeira das Missões, que não recorreram. Das regiões em vermelho, somente Santa Maria não adota o sistema de cogestão, assumindo protocolos próprios.

A divulgação das bandeiras definitivas, que ficam vigentes da 0h desta terça (15/9) até as 23h59 da próxima segunda-feira (21/9), foi feita nesta segunda (14/9) por meio de material publicado no portal de notícias do governo do Estado.

O mapa definitivo, os protocolos determinados pelo Estado e os planos regionais aprovados podem ser acessados em https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br.

Regra 0-0

Depois da análise de recursos, o Estado ficou com 185 municípios sob bandeira vermelha, o que corresponde a 36,7% da população gaúcha (4.163.598 habitantes). Desse total, 94 municípios não tiveram registro de hospitalização e óbito por Covid-19 de morador nos 14 dias anteriores ao levantamento – equivalente a 3,6% da população gaúcha (405.017 habitantes).

As prefeituras dessas cidades se adequam à chamada Regra 0-0 e podem, portanto, adotar protocolos previstos na bandeira laranja por meio de regulamento próprio. Basta que mantenham atualizados os registros nos sistemas oficiais e adotem, por meio de decreto, regulamento próprio, com protocolos para as atividades previstas na bandeira laranja.

Anúncio Patrocinado