O governador Eduardo Leite se manifestou nesta terça-feira (20) sobre o anúncio de que o Ministério da Saúde vai comprar 46 milhões de doses da vacina chinesa CoronaVac. O tucano e os demais governadores participaram nesta terça de reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, por videoconferência. Segundo Leite, que estava acompanhado da secretária da Saúde Arita Bergmann, ficou claro que o governo federal vai liderar o processo de aquisição das vacinas, e ele espera que o Rio Grande do Sul comece a receber as primeiras doses no início de janeiro de 2021.

— Seja do Instituto Butantan ou a de Oxford para garantir, dentro do Programa Nacional de Imunização, as vacinas serão para todos os Estados — disse o governador em vídeo gravado após a reunião.

Leite ressaltou que comprar as vacinas e disponibilizá-las para a população não é um processo simples, por isso a importância na centralização do governo federal.

— Por isso, especialistas estão se reunindo com o ministério neste momento para, em seguida, todo um estudo epidemiológico seja feito. E, em novembro e dezembro, seja apresentado um plano e uma estratégia de imunização da população que deve começar no mês de janeiro — ressaltou.

Receba um boletim diário com o resumo das últimas notícias da covid-19. Para ter acesso ao conteúdo gratuitamente, basta se cadastrar neste link

Leite frisou mais de uma vez, durante a sua manifestação, a importância de o Ministério da Saúde liderar essa aquisição e a distribuição da vacina contra o coronavírus no país.

— Não há nem pode haver disputa entre os Estados sobre quem vai comprar na frente. Não faz sentido nenhum em que um país como o nosso houvesse disputa entre Estados para aquisição de vacinas — disse ele.

Segundo Leite, o governo do Estado começa a partir de agora a preparação para que tudo esteja pronto quando as doses chegarem. Ele anunciou o início da compra de materiais para vacinação, como seringas e agulhas, por exemplo. Além disso, afirmou que já começa o planejamento em busca de lugares adequados para armazenamento dessas vacinas.

Anúncio Patrocinado